VAI TODO MUNDO TOMAR NO CU - Testes da Massa

VAI TODO MUNDO TOMAR NO CU

Share:




Eis que, durante o meu saboroso cigarro da hora do almoço, eu decido dar uma olhadela no twitter e, quando vi o assunto do momento, não pude acreditar: trocentas pessoas falando sobre perdoar bolsominions supostamente arrependidos. Li um tanto de twittadas e não pude acreditar naquilo. Meus caros, minhas caras, deixa eu perguntar uma coisa: TEM ALGUÉM TE PEDINDO PERDÃO? Lógico que eu sei a resposta: NÃO! Então por que tá indo lamber essa gente sacana, sendo que nem uma lambida na sola do pé eles te pediram? Vamos tratar de tomar vergonha na cara, vamos?

Eu lembro que durante a campanha presidencial, surgiu um papo de “sua tia não é fascista”. Então, acho urgente esclarecermos: sua tia é fascista sim. Aquele seu tio querido, idem. Aquele amigo amado de uma vida inteira também é fascista pra caralho. E seu irmão, sua avó ou o caralho de quem seja a pessoa que te feriu de morte ao revelar um lado sombrio, desumano e cruel. E se neste momento a minha tia ou o seu pai/irmão/tio/amigo/etc estão arrastando a cara no chão pelo voto imbecil e assassino que deram, problema deles. 

Não tem ninguém ingênuo nessa história e se há, muito provável que eles não estejam dentro da sua família. Aliás, vão aqui alguns exemplos que podem nos servir de parâmetro para entendermos o que viria a ser um bolsonarista ingênuo:

- mãe solteira e pobre de periferia, que tem filho adolescente trabalhando como aviãozinho pra traficante: muitas delas são extremamente religiosas, pela necessidade de ter um fio de esperança de que as coisas mudem para o filho dela. E sim: ela tem muita raiva de traficante, porque né?! Então junte as duas pecinhas e veja uma bolsonarista ingênua;

- pobres com casos graves de doença na família: assistir uma pessoa amada sofrendo e morrendo é arrasador. A religião conforta e dá esperança de justiça e alento quando se está afundado na desgraça sem ter como fazer nada. Com aquela cacetada de milagre passando nos RR Soares da vida, essas pessoas vão lá apostar algumas fichas na misericórdia divina, de joelhos, suplicando, desesperadas;

- pobres tentando sair das drogas: na rua onde morei durante a infância já tem uma pá de gente que só conseguiu sair das drogas graças às lavagens cerebrais das igrejas, porque se dependessem de Estado/família, morriam na merda. (PS: não estou falando de maconheiro de humanas. Tô falando de gente que com 10 anos já cheirava cola).

Bem, vou parar por aqui, mas com certeza há quem conheça tantos outros casos similares. Mas o ponto central é: é mais fácil que uma dessas pessoas DE IGREJA EVANGÉLICA não seja fascista do que a-pessoa-em-quem-você-tá-querendo-ir-passar-pano não seja.

E se você ainda não chorou e/ou xingou tudo o que precisava, acelera logo com isso, porque precisamos nos organizar para a luta. Eu sei: é horrível saber que aquilo que se quebrou não tem volta, por mais que se queira. É como uma morte: acabou, não tem volta. Aquelas pessoas que você achava que conhecia, não existem. Pelo menos não como você achava que elas existiam. FIM DE PAPO.

Dito isso, quero fazer um pedido aos que estão com medo:  seja primeiro uma afronta ao sistema, para depois temê-lo. Estou falando de você mesmo enfrentar de algum modo, como puder fazer. Não estou falando do Gregorio Duvivier, Marcelo D2 e Tico não sei das quantas não. Estou falando de VOCÊ, de nós, porque nós é que nos salvamos através da luta organizada. Nós temos que ser os protagonistas e não os espectadores de nossas próprias histórias. A nossa vida tem que ser decidida pela nossa luta e pelo nosso trabalho. Um tweet de gente famosa não garante a sua dignidade, a luta sim.

Sem contar que esse bate e rebate de artista consome tempo, né?! Dia desses a esquerda estava pegando fogo com a indicação do filme Pantera Negra ao Oscar. Com todo respeito, o filme é legal, tem vários racistas com dor de corno e etc. Mas achei por um minuto que tava todo mundo chapado com tamanha perda de tempo. Aliás, vai todo mundo tomar no cu, porque haja tempo pra gastar discutindo inutilidade com gente inútil. Quantas atividades de luta real dava pra fazer o tempo que gastaram defendendo o óbvio para um imbecil, cuja opinião não importa para absolutamente ninguém? Quem se divide entre a luta e o trabalho pelo sustento sabe bem do que eu tô falando: cada minuto é precioso. Façam-me o favor, tenham foco ao usar tempo e energia.

Por último, gostaria de lembrar que a reforma da previdência está batendo na nossa bunda. Vocês estão sabendo que se isso for aprovado vai morrer muita, mas muita gente, né?! Estamos de acordo que lançar milhões de pessoas a esse plano previdenciário, é jogá-las para a miséria e, portanto, para a morte, né?!Enfrentar QUE NEM GENTE GRANDE essa reforma, pode ser o nosso pote de ouro nessa disputa política, além, é claro, de ser a salvação de nossas vidas, literalmente. Estamos de acordo?

Então vamos lá, pau no cu dos nossos parentes, são fascistas sim. Vamos juntar essa energia aí e plantar luta em terreno fértil.

Dona Dirce

Tenho altas fita pra contar.